• Ive Caceres

Você se julga demais na hora de escrever?

Para quem aprendeu a escrever com muitas regras, fazer isso por prazer se torna uma tarefa muito chata ou até mesmo difícil. Tendemos a nos cobrar demais por um texto perfeito e a ter medo do julgamento alheio, quando, o mais honesto consigo seria entender que existe verdade em cada escrita.



Todo texto é biográfico. A forma como cada um escreve, as escolhas das palavras, o tom da conversa, tudo isso diz um pouco sobre cada um. Talvez, o receio de escrever venha daí. Inconscientemente sabemos o quanto nos expomos quando botamos as frases no papel e entramos em um modo de vulnerabilidade ao expor o que escrevemos para o outro. E quem não tem esse medo que atire a primeira pedra, não é mesmo?


Então é preciso coragem para escrever? Eu diria que é necessário mais um desejo por liberdade. Ser livre não apenas para se colocar em evidência através das palavras, mas também para se sentir confortável com os textos que produz. Para compreender que cada história tem seu espaço e que uma simples mensagem também pode gerar conexão. Não seria gostoso assumir as rédeas e não pensar em tantas regras quando quiser escrever? Melhor, não seria bom escrever só porque quer escrever?



Por isto te faço um convite: se liberte. Escreva sem peso e nem dor na consciência. Bote para fora suas ideias, desejos, sonhos, angústias… Publique ou guarde pra si se quiser. E reflita, se as palavras têm poder, imagina o quão potente é o texto. Não pra quem lê, mas sim para quem escreve.


Vamos juntos?


24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Linkcult© 2020 todos os direitos reservados

contato@linkcult.com

Av. Sete de Setembro, nº 3959, Barra Salvador/BA

Tel - (71) 99981-4888