• Leandro Souza

Lidere suas emoções junto com os seus projetos - LinkCult

ou por que uma liderança não pode nos tirar o sono, que dirás o nosso prazer em produzir



Sou produtor cultural de formação e de escolha, poderia estar cumprindo outras funções mas adoro o que eu faço: Criar projetos, inscrever em editais, executar ações e sentir os agradecimentos do público. Celebrar os ganhos daquilo que um dia foi apenas uma ideia é muito gratificante, exceto por um detalhe, o custo emocional envolvido.


Pouco antes da quarentena, eu estava no ápice da minha insatisfação com a produção cultural, reclamava em todo canto e falava insistentemente de estar cansado. Hoje sei que essa insatisfação não era apenas com a área, mas também comigo. O desgaste foi uma areia movediça que me levou muitas coisas, inclusive o prazer em viver e aproveitar os projetos que construí coletivamente.

Perdi as contas de quantas vezes adoeci ao assumir posições de comando, seja aprendendo a apontar caminhos, a refazer rotas, a ver o dinheiro esvair com os imprevistos, a me estressar pra além da conta. Por várias vezes me senti solitário em meio a várias pessoas, me condenei como incompetente, incapaz e todo o azar de defeitos que sustentei sem razão. E tudo isso diante de uma conquista que só pedia pra ser celebrada, porque a liderança, nada mais é, do que uma posição conquistada.

Custei a perceber que as experiências que tive para liderar projetos não me ensinaram o bastante para também liderar minhas emoções, e só hoje percebo o quanto a liderança é terreno de vulnerabilidades pra quem se sente isolado nela. É certo que o desconhecimento desta posição vem de não sermos ensinados, sequer estimulados a ocupar esse lugar, e temos equivocadas referências do que vem a ser exatamente o poder. Não há quem nos ensine que a aprovação de um líder jamais chegará na equipe se não houver saúde mental o suficiente pra cumprir um gerenciamento maior, o de si mesmo.


Hoje reconheço que as feridas que me causei foram frutos de um esforço em provar a minha capacidade, visto que alcançar a liderança já demonstra o quão capaz você já é. Aos líderes novos e veteranos, recomendo que jamais negligenciem seus sentimentos, não se esqueçam que projetos terminam, mas as suas emoções não.


22 visualizações

contato@linkcult.com

Av. Sete de Setembro, nº 3959, Barra Salvador/BA

Tel - (71) 99981-4888

Linkcult© 2020 todos os direitos reservados